Tudo Sobre Finasterida: Bula, Preço e Efeitos Colaterais

finasterido-queda-de-cabelo

Finasterida

A Finasterida é utilizada para tratar a calvície há quase 2 décadas, porém, ela não foi concebida com essa finalidade, mas sim para atuar no tratamento do câncer de próstata, e durante sua administração verificou-se um aumento do volume capilar em muitos pacientes.

A Finasterida é aprovada pelo FDA, uma instituição norte-americana de respeito e reconhecida por seu histórico de apenas conceder aprovações à medicamentos que ofereçam segura quando de seu uso.

finasterido-queda-de-cabelo

A Finasterida é hoje o remédio mais usado em todo mundo para combater a calvície, atuando na redução na produção de di-hidrotestosterona (DHT) pelo organismo, o DHT é um produto da testosterona, e aparece predominantemente em homens. Em pessoas que tenham herança genética propícia à calvície, o DHT pode provocar a miniaturização dos fios, levando posteriormente à sua queda.

É deveras importante salientar que, apesar da Finasterida reduzir a produção hormonal de DHT, ela não interrompe sua produção por completo, dessa forma, enquanto houver o consumo deste medicamento os níveis de DHT estarão abaixo de sua produção usual, contribuindo para uma desaceleração na queda dos fios.

Em alguns casos, a queda dos fios pode ter uma interrupção permanente, porém, o uso da Finasterida deverá se prolongar por toda a vida do paciente, e, como afirmado anteriormente, a partir do momento em que o consumo do medicamento for interrompedio, a testosterona poderá voltar a ser convertida em DHT, levando a uma maior queda dos fios.

Finasterida funciona?

De acordo com dados coletados em consultórios médicos, pode-se afirmar que cerca de 40% dos pacientes tratados com Finasterida mantém seus cabelos já existem, outros 30% conseguem preservar os cabelos e ainda verificam um pequeno crescimento de fios antes perdidos, enquanto que os restantes 30% não apresentam resposta ao tratamento.

Finasterida: bula

Na bula da droga, consta que ela atua promovendo aumento dos volumes dos fios e combatendo a queda dos cabelos ainda presentes no couro cabeludo. Assim, pode-se entender que o principal benefício da Finasterida é preservar os cabelos que ainda existem no couro cabeludo, além de poder engrossar cabelos que sofreram um processo de minituarização, aumentando o volume capilar.

Finasterida para mulheres

Apesar de não prescrito na bula, alguns médicos utilizam a Finasterida para tratar a queda de cabelo em mulheres, porém, grávidas não devem fazer uso do medicamento, pois como há uma diminuição da produção de hormônios masculinos no organismo da mulher, há riscos de causar deformidades no bebê.

Finasterida: preço

Não é necessário prescrição médica para comprar Finasterida, e ela pode ser encontrada por valores relativamente pequenos, indo normalmente de R$ 30 a R$ 100 para a cartela de 30 comprimidos. No Brasil há cerca de 50 laboratórios autorizados pela Anvisa a fabricarem Finasterida, entre eles o laboratório Aché, que normalmente comercializa a Finasterida 5mg para o tratamento do câncer de próstata e Finasterida 1mg para o tratamento da queda de cabelo.

Efeitos colaterais da Finasterida

Cerca de 1 a 2% dos pacientes que são tratados com Finasterida podem ter redução de sua libido, havendo nesses casos alguma perda do desejo sexual, o que não é o mesmo que impotência sexual. Caso sejam verificadas complicações desse tipo, a administração de Finasterida deverá ser suspensa. Porém, em alguns casos, acredita-se que esse efeito colateral não é propriamente provocado pelo medicamento, e sim psicológico. É comum relatos de pacientes que sofrerem efeitos colaterais a partir da primeira semana do uso da Finasterida, porém, isso não se deve ao medicamento, já que sua ação leva um maior tempo para mostrar efeitos.

O DHT é fundamental para a boa saúde da próstata e do pênis, e seu bloqueio causado pela Finasterida, pode provocar inúmeros efeitos colaterais, entre eles: depressão, infertilidade, ginecomastia, atrofia nos testículos, diminuição no tamanho do pênis quando ereto e até mesmo dificuldades de aprendizagem.

Fonte: https://www.leetdoc.com/br/finasterida/